quarta-feira, 30 de abril de 2014

Em teus lábios...

ELE

Por mais que reveja a imagem na minha memória,
nada se compara ao teu olhar de plena gula,
ao sentir do teu toque,
ao deslizar da tua língua,
sobre o meu membro pleno de tesão,
como que preparado para ser engolido pela tua boca aveludada,
até às profundidades da tua garganta,
pronta a receber cada pingo do meu sémen,
não restando gota que prove o nosso pecado...
És um boa amiga... adoro as tuas vontades! 


ELA

A sensação única do primeiro toque,
sentir o calor na ponta da língua
enquanto lentamente o percorro antecipando
o momento em que sinto a minha boca preenchida
e me delicio a saboreá-lo por completo,
o prazer sentido na ponta da língua mas 
que se espalha por todo o corpo.


segunda-feira, 21 de abril de 2014

Morde...

Morde,
entrega-te ao pecado,
à entrega proibida,
à lúxuria
ao prazer de dar e receber,
sente os meus lábios quentes nos teus,
morde-me e deixa-me morder...


quinta-feira, 17 de abril de 2014

quinta-feira, 3 de abril de 2014

Prazer oculto...



Um produtivo dia de trabalho chega ao fim, 
ficámos apenas os dois,
arrumamos os últimos papéis,
olhares intensos se cruzam, 
como que tivéssemos o mesmo pensamento,
desfrutamos um do outro sem limites,
sem pudor, acima de tudo com muita entrega mútua,
no fim aproximámos um do outro com desejo elevado,
brindámos a mais um dia que agora terminava, 
fomos invadidos pelo mesmo sabor,
de uma textura intensa, um paladar doce...
as nossas línguas cruzavam-se naquele sabor comum a ambos...
degustámos cada sentido que nos foi permitido, 
à muito que desejávamos este momento único... 
as nossas expressões eram de satisfação imensa, 
como que este momento fosse desejado à muito...
 pousas-te o copo de vinho que te acabara de servir,
dizendo obrigado por este momento único 
e despediste-te com um até amanhã mais perfeito que já ouvi...