quarta-feira, 26 de agosto de 2009

BOM AMIGO! PORQUÊ? (1)

Há uns anos atrás, ainda na minha aventura estudantil pós laboral, numa das nossas faculdades, passei por um momento único, numa bela noite de primavera em plena sexta-feira, com pouca vontade para as obrigações e muita vontade para os prazeres simples da vida.

Ao entrar na faculdade, como sempre em cima da hora, encontro uma colega vestida com a menor roupa possível, típico de quem tinha programa já definido para o final das aulas.

cumprimentamo-nos e seguimos juntos até à sala, confesso que senti a primeira excitação da noite, ela quase que revelava os seus seios no seu largo decote.... E que seios meu Deus, ainda hoje fecho os olhos e revejo aqueles seios maravilhosos, toda aquela pele brilhava no primeiro escuro da noite que se aproximava. (continua)

3 comentários:

Secreta-Mente disse...

Uma visão marcante, pelos vistos... :P

Silly disse...

suspense...

estou para ver as cenas do próximo capítulo!

Libertya... disse...

o que um decote generoso não instiga...
bjs libertos em ti